domingo, 19 de agosto de 2012

Do curso..


Estou com um ar de contentamento, felicidade, realização, paz e estranha complacência com a vida, com minhas faltas, falhas, com meu estado, comigo.
Sinto-me feliz e é gostoso sentir isso, sem algum motivo especial.
É o cotidiano. É o curso do rio. É o desenrolar da vida.
A paz interna é definida pela certeza que Ele está perto e posso sorrir com Ele. Também sem nenhum motivo aparente, apenas em poder contemplar a expressão do seu rosto tão próxima.
Grata. =)