sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Do revelar...

Sabe aquele momento que como um salto, tenta expressar por meio de palavras, uma tentativa de aliviar algo que não cabe em você?

...Entendo quando dizem que você é o Alfa e o Ômega. O princípio e o fim... Quando estou em ti- mergulhada, imersa e envolvida pelos elementos que inundam o meu ser - é que vislumbro a dimensão de quem és e de quem sou em ti. Nesse momento, nesse exato momento de doce, sublime e extraordinária graça, entendo e relembro quem sou. Recordo-me que tudo começa, e tudo termina em ti. És o ciclo. A aliança eterna. Onde tudo nasce, existe e coexiste.
- Quando estou lá, desejo, profunda e soluçadamente, eternizar esse momento. É quando não preciso de mais nada, além da tua presença saciadora invasiva e abundante.
Obrigada por te ter...
Te amo..
Sempre...